PIRUÇAS

Abril 16 2009

Ministério Público: Acção penal exclui "os mais poderosos e influentes" - presidente Sindicato dos Magistrados


 

 Lisboa, 16 Abr (Lusa) - O presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público criticou hoje a acção penal por excluir "os mais poderosos e influentes", deixando "a sensação cada vez mais enraizada nos cidadãos" de "existência de margens de impunidade na sociedade portuguesa".

 

 

 

João Palma, que falava ao ser empossado como novo presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP), assegurou que esta estrutura "assumirá sem hesitações (...) o combate sem tréguas àqueles que, no seu seio ou do exterior, pretendem transformar o MP num corpo amorfo de funcionários ou comissários políticos obedientes, desmerecedores do estatuto" desta magistratura.
 ...

 Disse isto, no discurso de posse, e muito mais. Afirmações firmes e nada convencionais. Faço vénia a este desassombro.

publicado por poleao às 18:51

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
15
18

20
21
23
24
25

28
29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO