PIRUÇAS

Maio 28 2008

A directora da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) do Norte criticou, terça-feira, algumas inspecções da ASAE que obrigaram instituições de solidariedade social a deitar comida fora.

Fátima Araújo, que falava numa sessão de esclarecimento promovida pela associação empresarial em Viana do Castelo e acompanhada pela Rádio Geice, desafiou os homens da restauração para que se organizem em defesa da gastronomia única da região do Alto Minho, frisando que não devem esperar que seja Lisboa a defendê-los.

 

«Se os senhores não forem capazes de querer lutar pelos vossos interesses, Lisboa não vai tratar da vossa vida», disse, estimulando os empresários da região a lutarem por «qualquer coisa que é único», referindo-se à gastronomia tradicional da região.

 

A directora da ASAE do Norte pediu ainda aos inspectores da entidade fiscalizadora para que sejam suficientemente sábios, de forma a compatibilizarem gastronomia tradicional com segurança alimentar.


É a falar que a gente se entende. Com esta ASAE, a gente entende-se!!!

publicado por poleao às 12:06

Palpita-me que essa Senhora não vai piar muito mais lá do poleiro. O sr. Nunes não deve ter gostado mesmo nada do discurso e além disso não sei se chegará a cumprir os objectivos...
Eira-Velha a 29 de Maio de 2008 às 19:20

TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14

19
20
24

25
26
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO