PIRUÇAS

Abril 28 2007


A nova lei orgânica da GNR prevê que o cargo de comandante-geral daquela força de segurança militarizada seja desempenhado por um general, posto equivalente ao das chefias militares.
De acordo com um documento a que o CM teve acesso, a nova lei orgânica da GNR determina que a “nomeação para o cargo de comandante-geral implica a promoção ao posto de general”. A mesma patente do chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, general Valença Pinto, e dos chefes dos três ramos.

Actualmente o cargo de comandante-geral da GNR é desempenhado pelo tenente-general Mourato Nunes, que com a nova lei orgânica deverá ser promovido a general. (CM de hoje)

Como era de esperar...


publicado por poleao às 11:13

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11

17
20
21

25
27

29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO