PIRUÇAS

Fevereiro 01 2007

Manuel Pinho voltou a causar um monumental embaraço ao Governo português. Ao afirmar no Fórum de Cooperação Económica e Empresarial Portugal/China, com que José Sócrates ontem iniciou a visita oficial àquele país asiático, que uma das cinco razões para os empresários chineses investirem no nosso país era a mão-de-obra barata, o ministro da Economia colocou os sindicatos e a Esquerda em sintonia num coro de protestos em Lisboa que ecoaram em Pequim e marcaram o primeiro dia da viagem. (CM de hoje)

Esta madeira de pinho não me parece de boa qualidade. Na verdade, desde que os industriais da arte começaram a utilizá-la na confecção de mesas, de armários e de outro mobiliário indiferenciado, as reclamações sucederam-se em todos os sectores do respectivo comércio, sendo apontadas, como falhas mais frequentes, o apodrecimento prematuro e, em alguns casos, o rachamento das partes principais, devido, sobretudo, ao bicho do caruncho.

Curiosamente, ou talvez não -dizem os entendidos na matéria- nunca se verificou, até hoje, uma queixa (ao menos, uma queixinha) sobre as confortáveis "cadeiras" fabricadas com esta qualidade de madeira. Vá lá saber-se porquê...

 

publicado por poleao às 10:52

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
16

18
19
20
21
22
24

25
27


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO