PIRUÇAS

Julho 02 2008

Passou ontem, dia 1 de Julho, o 38º aniversário da Brigada de Trânsito (BT) da Guarda Nacional Republicana. Esta Unidade da Guarda foi, entretanto, extinta, como é sabido, pelo actual Governo. Porque não será apagada, das suas memórias, o nascimento desta Unidade da GNR, no longínquo dia 1 de Julho de 1970, bem como o seu sempre crescente desenvolvimento e implantação, ao longo de todo o país, 24 oficiais reformados da Guarda, na maioria oriundos do núcleo fundador, reuniram-se, ontem, num restaurante da capital, não só para assinalar, devidamente, a data, mas também para homenagear os militares, entretanto, mortos, em missões de serviço ou por força da lei da vida.

Na cerimónia, à frente de todos, como sempre esteve enquanto exerceu o comando da Unidade, o Coronel Reformado do Exército GIACOMINO MENDES FERRARI. Generosa e corajosamente, com os seus 90 anos de idade, o Comandante quiz também  associar-se à efeméride, dando, com a sua presença, o sinal da vitalidade da "sua" BT.

Compareceram oficiais de todo o país, alguns primeiros Comandantes de Grupo e de Destacamento. Deram-se abraços, contaram-se histórias, viveu-se forte e emocionadamente. Muitos cabelos brancos, muitos netos, muito orgulho no trabalho feito, tantas vezes sem hórário certo para chegar a casa, tantas e tantas vezes com prejuizo da saúde. Tudo pela Guarda, tudo pela nova Unidade da Guarda!

 

 

 

Um encontro simples, mas uma cerimónia emocionante. Contra ninguém, contra nenhuma instituição. Respeitosa e disciplinadamente, como sempre!!!

No final, discursou o Coronel Lourenço da Silva, um do últimos Comandantes da Unidade. Como sempre, as palavras certas, os sentimentos vivos, a certeza do dever cumprido.

 

Na imagem, os Comandantes Ferrari e Lourenço da Silva.

publicado por poleao às 18:14

TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25

27
28
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO