PIRUÇAS

Dezembro 15 2005

choq.JPG


UMA DAS CONSEQUÊNCIAS DO CHOQUE TECNOLÓGICO


Estas jovens transmontanas (todas na casa dos oitenta e ainda ao serviço activo, na junta de freguesia local), acabam de saber, no Portal do Cidadão, que vão ter um aumento de 1,78 €,  em 2006.


Mas já estão muito perto, graças ao senhor engenheiro, da pré-aposentação. Só coisas boas, carago!!!

publicado por poleao às 18:58

Dezembro 15 2005

Portugal em 2100.JPG


 


Neste "estudo", o novo aeroporto de Lisboa, na Ota, vai ficar à beirinha da água, dentro de 30, ou 40, anos. Isto é: receberá apenas hidroaviões. A ser credível este "estudo" -não incluido no rol dos que foram citados, aquando da apresentação da nova infraestrutura-, o nosso dinheirinho corre o risco de, nessa altura, ir todo, literalmente, por água abaixo. Será que ainda vamos a tempo de fazer agulha e mudar o novo aeroporto de Lisboa para... Portalegre, ou Castelo Branco? Ou será que isto de meter água é mesmo uma cruzada a que meteu ombros o sr PM?


No meio desta água toda, uma consolação me resta (a ser credível este estudo, claro): a minha terra vai ter praia, lá para meados do século!!! 

publicado por poleao às 17:22

Dezembro 14 2005

cat_and_bird.jpg


De entre as muitas fotografias que guardo nos cofres da minha máquina, esta é, sem dúvida, uma das minhas preferidas. Não sei dizer, ao certo, o que ela representa. Mas sei, isso sim, que ela representa muita coisa, das coisas que eu mais venero. Sei, nomeadamente, que olhar para ela, e admirá-la, me tonifica alma e fortalece os sentidos. E isso me basta.

publicado por poleao às 21:58

Dezembro 08 2005

nov,11-castanhas.jpg


Quentes e boas!


Primeiro, aquecem as mãos. Depois, animam a alma.


Só não entendo é porque, no rol dos "desígnios", ainda não consta a criação do "dia nacional da castanha assada". Há outros "dias" já assim considerados e com muito menor merecimento do que este tem -do meu ponto de vista, naturalmente.

publicado por poleao às 21:51

Dezembro 08 2005
chora-1909-thumb[1].JPG Quando chegarmos a ter, lá para as calendas gregas -se chegarmos a ter, bem entendido- o novo aeroporto de Lisboa, na Ota, e o comboio de alta velocidade para Madrid, a 100€ por viagem, só vamos ter dinheirinho, nessa altura, pela certa, é para andar no"chora". Não é costume dizer-se que os extremos tocam-se? Então, estamos a chegar lá. Mais uma ca-Linada e já está. Afinal, já estamos habituados ao perfume da palha e ao cheiro das cavalgaduras.
publicado por poleao às 19:15

Dezembro 06 2005
Cavaco Silva recebe apoio de ex-PCP Veiga de Oliveira

Veiga de Oliveira, ex-deputado do PCP, ministro do IV governo provisório de Vasco Gonçalves e militante do PS, vai apoiar a candidatura de Cavaco Silva a Presidente da República, anunciou hoje o gabinete do candidato.



Álvaro Veiga de Oliveira vai ser recebido quarta-feira à tarde por Cavaco Silva para manifestar o seu apoio e subscrever a candidatura presidencial do ex-primeiro-ministro social-democrata, adianta uma nota do gabinete de comunicação de Cavaco Silva.

O ex-dirigente comunista foi Ministro dos Transportes e Comunicações do IV Governo Provisório chefiado pelo general Vasco Gonçalves, e ministro do Equipamento Social e Obras Públicas do VI governo provisório, do almirante Pinheiro de Azevedo.

Foi deputado à Assembleia da República e vice-presidente do grupo parlamentar do PCP entre 1976 e 1984. Veiga de Oliveira integrou um grupo de dissidentes comunistas que ficou conhecido como o «grupo dos seis».


 


As voltas e as cambalhotas que o mundo dá. Uns avançam, como fez o versátil ministro dos negócios estrangeiros. Outros, como este ex-militante do PC e como o actual ministro dos transportes, também oriundo do PC, recuam. Cada qual toca o pífaro conforme vai a bailação. O resto é conversa fiada, que o Zé vai fiando e conversando, pachorrentamente, zombando deles e dos outros.

publicado por poleao às 22:37

Dezembro 05 2005

euros_moedas_notas.jpg O meu tio Anacleto, no seu jeito peculiar de procurar saber qual é a orientação da minha bússola, em determinados assuntos, interrogou-me, desta vez, no seu habitual telefonema de domingo, sobre "qual vai ser a moeda boa, lá para Janeiro". Respondi-lhe de imediato e também em linguagem cifrada, assim:


"olhe, tio, aqui o dia não está mau, mas choveu de noite".


 Resposta, na ponta da língua, do maroto do meu tio Anacleto:


"Entendi. Então até domingo. Adeus".


As águas da mesma nascente sussurram sempre os mesmos segredos, pelo tempo adiante.

publicado por poleao às 18:27

Dezembro 01 2005

À medida que o tempo vai passando, a caminho das eleições presidenciais de Janeiro próximo, cada vez mais se assume, como um exercício curioso e interessante, a leitura das notícias, dos comentários, das sondagens, das diversas e avulsas intervenções sobre os cadidatos e sobre as campanhas que vão fazendo por aí. E isto nos jornais, nas rádios, nas tvês, enfim, nos blogs.


Quem escreve e quem fala, claro está, são tudo pessoas mais do que isentas, perfeitamente blindadas às ideologias de cada um dos presidenciáveis e apenas preocupadas em transmitir para o "grande público" a pureza deste e daquele evento.


 Ninguém ajuda ninguém, ninguém puxa  brasa para sardinha nenhuma -era o que faltava! Mas a verdade é que nas entrelinhas, nos títulos, na forma como se encaminham as coisas e as perguntas, vê-se o rabo de fora do gato que se procurava esconder.


Hoje, o Povo já não se deixa enganar, ou levar, por falinhas mansas. Sabe muito bem de que lado da contenda estão os que falam e escrevem, e distingue, por isso, facilmente, os "santos dos pecadores".

publicado por poleao às 19:31

TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Dezembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
17

19
22
23
24

25
27
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO