PIRUÇAS

Novembro 26 2005

"Avião da CIA «vinha vazio», garante fonte oficial"


 


Não pode ser!   N Ã O  P O D E   S E R!!!


Vejam lá isso bem, vasculhem bem:  por baixo dos bancos, nas latrinas, na zona de cargas, nos motores, nos depósitos do "pitróleo", por baixo das asas..


Ao menos um, PORRA!!!

publicado por poleao às 18:58

Novembro 26 2005

Dizem os jornais de hoje que a sra. ministra da educação mandou retirar os crucifixos expostos nas  escolas públicas.


Por outro lado, há dias, um seu secretário de estado andou a contar as faltas que os professores davam às aulas e enviou a "pauta" para os OCS.


Ora aqui estão mais duas "medidas estruturantes", mais dois "desígnios nacionais", mais dois passos em frente para a recuperação da nossa economia e para o reforço da nossa competitividade internacional. Tudo decorrente, bem entendido, dos avanços imparáveis do plano/choque tecnológico, em boa hora concebido e lançado pelo governo.


Acautelem-se, parceiros da UE: esta locomotiva atingiu a velocidade de cruzeiro, ninguém vai conseguir pará-la!!!

publicado por poleao às 18:19

Novembro 26 2005
Cavaco diz desconhecer afirmações de Santana Lopes

O candidato presidencial Aníbal Cavaco Silva afirmou hoje desconhecer afirmações de Pedro Santana Lopes sobre a «teoria da má moeda», mas lembrou as suas «múltiplas intervenções» para alertar para os baixos níveis de desenvolvimento de Portugal.




Cavaco Silva, que falava à margem de um encontro do sector vitivinícola de todo o país, que decorreu em Lamego, disse que esteve hoje de manhã retido nas estradas devido ao gelo e por isso desconhece as afirmações feitas por Santana Lopes, no jornal Expresso.

Hoje, Santana Lopes citou a teoria apresentada pelo professor Cavaco Silva ao mesmo jornal e afirmou que a «moeda está pior do que há um ano atrás».

No entanto, o candidato à Presidência da República explicou que, quando escreveu esse artigo, foi para falar de uma degradação ao longo dos tempos da política portuguesa.

«Foi um chamar de atenção, no fundo exprimir aquilo que ia na opinião pública portuguesa. As vezes têm tirado ilações desse meu artigo que, de nenhuma forma, estavam na minha mente quando o escrevi», frisou.


(imprensa de hoje)


Atirar poeira para os olhos do pessoal não é "politicamente correcto". O sr Prof. disse o que disse e sabe muito bem para que o disse, e a gente percebeu muito bem o que o sr Prof. disse. Não há detergente que limpe a "sujeira", nem banco que faça, agora, a troca das moedas.

publicado por poleao às 17:45

TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Novembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
18
19

22
23
25

28
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO