PIRUÇAS

Setembro 14 2005

tachos2.jpg


O meu tio Anacleto, com aquele sua voz arrastada, mas firme, de beirão serrano, fez-me hoje, ao telefone, o seguinte pedido:


-Como ainda não estou velho de todo e até parece que, agora, é mesmo a hora dos velhos, não será possível, sobrinho, meter aí um empenho para um tacho, cá para o velhote? Pelo "borda d´àgua" que chega aqui à aldeia, dia sim, dia não, a gente fica a saber que ainda há uma boa fila de candidatos à porta da loja dos tachos mas, com um bom empenho, não será possível passar à frente de uns quantos gulosos? Para mais, eu até sou beirão, como o dono da loja. Veja lá isso, sobrinho, e depois diga-me alguma coisa.


Uma fala comprida, esta do meu tio Anacleto, hoje, mas que se justifica plenamente pelo seu desejo de fazer parte, festivamente, dos tais 150.000 novos empregados. Melhor dizendo: "entachados".


Vou ver o que posso fazer.

publicado por poleao às 22:11

TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Setembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
17

18
20
23
24

26
29


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO