PIRUÇAS

Maio 04 2005

 Ainda há poucos dias aqui deixei uma medíocre opinião sobre a actuação do ministro Campos -o da saúde. Acabo de ver e ouvir, na TV, declarações inflamadas, mas claras, do eng Macário Correia, presidente da área metropolitana do Algarve, a propósito da decisão do ministro Campos de não construir naquela região o prometido (pelo actual PM) hospital central, pelo menos para já. O que disse Macário Correia sobre as promessas eleitotais do PS e sobre a trapalhada instalada agora no Governo, a este propósito, sustentadas em intervenções ao vivo do então lider do PS, bradam aos céus e só não vão chegar a Belém porque, desta vez, ao contrário do que sucedeu há meses poucos, o sr PR assobia para o lado e manda dizer que não é daqui e que apenas cá veio para ver a bola.


Estas trapalhadas e estas confusões, juntas às do MAI (há dias)e às do MJ, hoje, deixam-nos a sensação de uma grande turbulência aeronáutica, provocadora de forte enjoo. De tal forma que, sobre a última, os Juizes já vieram avisar que, a seguir por diante a decisão governamental, passarão a cumprir escrupulosamente o horário de trabalho estabecido na Lei.


Ora, tendo o PS maioria absoluta no Parlamento -isto é, legitimidade para governar sozinho- e tendo um PR da mesma família política, porque razão ainda não passou, mais de um mês depois da posse, dos choques tecnológicos?

publicado por poleao às 23:11

TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Maio 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

16
17
19

22
24
27



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO