PIRUÇAS

Setembro 13 2004

Peseiro.bmp Antes que se me apague da memória, aqui fica esta nota (triste, claro) sobre o início do Sporting, na superliga de futebol. A jogar assim (isto é, jogando muito mal), tal como fizeram, ontem, em Setubal, contra o Victória local, os leões são candidatos, quando muito, a um 4º, ou 5º, lugar, no final da prova. O que se viu,ontem, foi uma equipa sem organização, sem chama, perdida, desorientada, perfeitamente à mercê de um adversário que jogou como um todo e, acima de tudo, com muita vontade de vencer.


Não há volta a dar-lhe: ou muda o Peseiro (fez o contrato da vida dele e, agora, quem vier atrás que feche a porta), ou mudam os jogadores -nomeadamente os que não "trabalham"-, ou muda tudo e recomeça-se de novo. Assim é que não, a não ser que os chefes assumam, publicamente, que a grande prioridade do clube é o equilíbrio das finanças.


Este Peseiro não tem peso para dirigir as raposas velhas que insistem em reclamar um lugar na equipa principal, tapando o acesso a jovens com muitas provas já dadas. Não é com paninhos quentes que se cura a varicela...

publicado por poleao às 18:26

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Setembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

21
23
25

26
28
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO