PIRUÇAS

Outubro 21 2004

O Conselho de Gestão do Centro de Estudos Judiciários (CEJ) aprovou, por unanimidade, para o cargo de directora da Instituição, uma professora de direito, da Universidade de Coimbra. Os juizes formadores demitiram-se em bloco, por não concordarem com tal nomeação. A Associação Sindical dos Juizes Portugueses (ASJP), invocando o facto de a directora nomeada não ser do "ramo", contesta a indigitação e parece não estar disposta a recebê-la no "meio".


Parece mentira, mas é verdade!!! Com esta argumentação "jurídica", o ministro da saúde tem que ser médico, da defesa terá que ser militar, da educação,professor, das obras públicas, engenheiro e por aí adiante.


Que diferenças existem, então, entre as antigas "corporações" e as actuais "ordens" e "associações profissionais? Na verdade, não será tudo a mesmíssima coisa?

publicado por poleao às 16:55

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Outubro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15

18
19
22

26
28
29
30



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO