PIRUÇAS

Outubro 25 2004

Depois de demoradas diligências e investigações das Polícias, foi cprurado, há dias, em Espanha, determinado cadastrado. Trazido para Portugal, foi levado ao Tribunal de Sesimbra, por via de outro processo. O Juiz entendeu que não havia motivo para acusação, no âmbito desse processo, mas, como sabia que ele tinha de cumprir uma pena de...25 anos de cadeia, num outro processo, por tráfego de droga, a que tinha sido condenado, tomou as medidas necessárias para que recolhesse à cadeia, para cumprimento daquela pena. Todavia, porque o outro Tribunal que o condenara àquela pesada pena não executou um determinado formalismo (sei lá: talvez a falta de selo branco em quaquer documento!), o Supremo Tribunal de Justiça, face a recurso do advogado do condenado, pura e simplesmente... libertou-o, sem adoptar qualquer providência cautelar que evitasse a sua fuga.


Ora bem: se "isto" foi trabalho do nosso Supremo, como podemos , daqui para a frente, fazer fé nas Relações e nas 1ªs Instâncias, ou, melhor, não desculpar qualquer falha destes Tribunais menores?


Já o disse há tempos e talvez seja agora altura de o repetir: ainda acabaremos por ver as vítimas do processo Casa Pia condenadas por difamação e os réus absolvidos e com direito a chorudas indemnizações, a pagar por todos nós, devidas pelo tempo em que estiveram detidos à ordem do Estado...de Direito Democrático.


Perdemos, todos, o juizo?

publicado por poleao às 19:49

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Outubro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15

18
19
22

26
28
29
30



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO