PIRUÇAS

Abril 05 2005

Há dias, o DN publicou uma grande reportagem sobre blogs. Ontem, ou antes-de-ontem, o mesmo jornal voltou ao assunto, com um artigo "do fundo". O tema foi o mesmo: os blogs são um fenómeno de dimensões imensas; espalhou-se em Portugal de tal forma que, só no "sapo", se registam, por dia, cerca de cem novos blogs. O que é, na verdade, uma brutalidade.


Dito isto, acabou-se, para mim, a história. Mas não é assim. À sombra deste fenómeno, começaram a aparecer estudos de intelectuais sobre o assunto, focando-o de tantas e tantas maneiras "científicas" que, por este caminhar, não estará longe o dia do nascimento de uma nova "ciência". E o que começou por ser -como ainda é para mim- uma coisa simples, vai ganhando, dia a dia, foros de uma tal complexidade que os modestos e vulgares diários electrónicos, como é o PIRUÇAS, por exemplo, acabam "catalogados" como uma insignificante coisa da "plebe". Há por aí "intelectuais" que classificam os blogs como se fossem ovos, isto é, por níveis de tamanho, etc, etc, etc.


Fico-me por aqui porque, na verdade, estou fora desse universo. Escrevo aqui por simples gozo e prazer, como se estivesse a pintar um quadro, ou a escrever um poema. A publicidade que lhe dou, implícita nas regras do servidor que me aloja, só tem um significado: obriga-me a ser muito cuidadoso na "redacção". O conteúdo é meu, sem qualquer tipo de restrições, salvo as que me são ditadas pelo bom senso, pela educação e pelo respeito devido aos outros.


O "nível" do PIRUÇAS, por ser coisa minha, é o mais alto!!!

publicado por poleao às 17:26

TÃO LONGE DO MUNDO E TÃO PERTO DE TUDO
mais sobre mim
Abril 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

14
16

18
20

24
29


pesquisar
 
blogs SAPO