PIRUÇAS

Dezembro 15 2005

Portugal em 2100.JPG


 


Neste "estudo", o novo aeroporto de Lisboa, na Ota, vai ficar à beirinha da água, dentro de 30, ou 40, anos. Isto é: receberá apenas hidroaviões. A ser credível este "estudo" -não incluido no rol dos que foram citados, aquando da apresentação da nova infraestrutura-, o nosso dinheirinho corre o risco de, nessa altura, ir todo, literalmente, por água abaixo. Será que ainda vamos a tempo de fazer agulha e mudar o novo aeroporto de Lisboa para... Portalegre, ou Castelo Branco? Ou será que isto de meter água é mesmo uma cruzada a que meteu ombros o sr PM?


No meio desta água toda, uma consolação me resta (a ser credível este estudo, claro): a minha terra vai ter praia, lá para meados do século!!! 

publicado por poleao às 17:22

Parabens Compadre.Perde-se o aeroporto, uma bagatela, mas ganha-se uma praia. Para quem, há uns anos, tinha de ir à Praia de Messejana...!Abraço.João Algarvio
</a>
(mailto:domgarcia@netcabo.pt)
Anónimo a 16 de Dezembro de 2005 às 00:37